De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o consumo diário de sódio recomendado é de 2 gramas, mas brasileiros chegam a ingerir, em média, o dobro dessa quantidade; campanhas educativas nos restaurantes corporativos do SESI alertam para o consumo excessivo desse ingrediente


Florianópolis, 31.10.2022 - A rede de restaurantes corporativos do SESI, a alimentaSesi, vem orientando trabalhadores da indústria sobre o controle do consumo de sódio. Segundo os médicos, essa atitude pode prevenir a hipertensão, doenças cardiovasculares e problemas renais. Um levantamento coordenado pela Fiocruz mostra que os brasileiros chegam a ingerir, em média, o dobro da quantidade diária recomendada pela Organização Mundial da Saúde, que é de 5 gramas de sal.

“O sal está presente de diversas formas na alimentação. Alguns alimentos devem ser consumidos com moderação, como é o caso de temperos prontos, legumes enlatados, pão de forma, pipoca para micro-ondas, molho pronto para salada e biscoito recheado, por exemplo”, cita a nutricionista Ana Paula Bleggi, consultora do serviço de alimentação do SESI. 

O blog Saúde, Bem-estar e Acolhimento, dos serviços de farmácia e alimentação do SESI, traz dicas para reduzir o consumo do sódio no dia a dia, como substituir o sal por outros temperos. Isso, inclusive, já ocorre nos restaurantes da rede alimentaSesi.  


Assessoria de Imprensa
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina - FIESC